Artigos
O que escrevemos

Épocas Festivas

Feliz Natal

E como já vem sendo hábito, nesta altura costumamos escrever sobre o Natal.

Como todos os anos temos novos subscritores, aqui vos deixamos um artigo natalício com dicas e sugestões para porem em prática de modo a que o vosso Natal seja harmonioso, cheio de paz, alegria e muita magia.

O Natal tem como principal propósito unir a família, os amigos, as pessoas que lhe são queridas.

O Natal é tempo de Amor, da Família e só o conseguiremos sentir na plenitude se a nossa disposição interior for de serenidade, compreensão e se estivermos centrados no equilíbrio.

A intenção que colocamos na sua preparação e em todos os nossos gestos estão cheios de significado e por esta razão devemos incutir uma especial intenção quando estamos a preparar o Natal. Sempre que acrescentamos objetos nas nossas casas, estes vão interagir com as energias já existentes, pelo que todos os elementos deverão estar presentes de acordo com o Ciclo dos Cinco Elementos.

Muitos seguem a tradição de montar uma Árvore de Natal. Uma árvore em qualquer época do ano significa sempre vida, abundância, frutos e crescimento.

Já lá vão os tempos em que as famílias sentiam o verdadeiro espírito do Natal. Em que a família se juntava toda à mesa, trocavam-se palavras de amor e gestos de carinho. A época passava-se com a família reunida, com os amigos mais chegados. Uns cozinhavam, outros punham a mesa, outros enfeitavam a casa e as crianças brincavam. As cidades, mas sobretudo as vilas e aldeias enchiam-se de festividades e as famílias rumavam para ver todos aqueles eventos, para confraternizarem.

Com o passar dos tempos e apesar de serem mais curtos os caminhos e mais breves as deslocações,  surgiram outros apelos e outros compromissos.  As famílias foram preenchendo os seus dias com outros tipos de “festividades” acabando por pôr de lado todas aquelas tradições que tanto enchiam os seus corações. O percorrer da aldeia em passadas lentas, vagarosas, o cumprimento ao Sr. Abílio na farmácia, uma anedota, brejeira que baste, com o Sr. Prior, a indispensável visita à barbearia do Sr. Anacleto, tertúlia onde se resolviam todos os problemas do país e o cheiro, o cheiro dos fritos e dos assados inundando as ruas e atacando as narinas esquecidas. Os Natais passaram a ser mais reservados, por vezes mais apressados apenas com a família disponível, com pouco afeto e talvez mais cerimónia, uma correria às lojas para comprar os presentes, mas, curiosamente, menos simbólicos e mais distantes.

Queridos leitores,
Antes de mais, Feliz Ano Novo para Todos!
No cenário em que todos vivemos, quero começar este ano com algumas palavras plenas de esperança, força e confiança.
Os tempos não estão fáceis, é certo, mas mais certo ainda é que não podemos desistir nem de nós nem das nossas vidas.
Acreditar, é o raio de sol que espreita após aquela porta se ter fechado. Imaginar, é a chave para abrir a nova janela.
A televisão, a rádio, os jornais, ofuscam a nossa mente com situações terríveis e negativas que nos deixam angustiados, deprimidos e sem forças para seguir em frente. Mas pergunto-vos: Vale a pena continuar a permitir que terceiros manipulem o nosso estado de espírito, a nossa alma e atropelem a nossa segurança, esperança e o nosso bem-estar? Certamente muitos responderão que não e outros ficarão a pensar nesta questão.
Acreditem em vocês, na vossa força, na vossa família e amigos. Olhem para o outro lado e vejam o que há de positivo na situação.
Não é fácil, mas é possível e só depende de vós!
Deixo-vos alguns exemplos que vos podem ajudar a ver o outro lado e a tirar partido das situações dramáticas que muitos estão a viver.

Natal

Queridos leitores,
À semelhança dos outros Natais, falamos novamente deste tema. Para alguns certamente não será novidade, mas visto que ao longo deste ano temos vindo a receber cada vez mais subscrições, não poderíamos deixar este tema de fora.
Por outro lado, não queremos deixar de vos desejar um excelente Natal, junto de quem mais amam e um ano de 2013 cheio de alegria, paz e amor.
Natal com Feng Shui!
O Natal tem como principal propósito unir a família, os amigos, as pessoas que lhe são queridas. Tal como em muitas outras situações, é possível contar com a ajuda do Feng Shui para celebrar um Natal ainda mais harmonioso e cheio de boas energias!
O Natal é  tempo de Amor, da Família e só o conseguiremos sentir na plenitude se a nossa disposição interior for de serenidade, compreensão e se estivermos centrados no equilíbrio.
A intenção que colocamos na sua preparação e em todos os nossos gestos estão cheios de significado e por esta razão devemos incutir uma especial intenção quando estamos a preparar o Natal.
Sempre que acrescentamos objetos nas nossas casas, estes vão interagir com as energias já existentes, pelo que todos os elementos deverão estar presentes de acordo com o Ciclo dos Cinco Elementos.
Muitos seguem a tradição de montar uma Árvore de Natal. Uma árvore em qualquer época do ano significa sempre vida, abundância, frutos e crescimento. Se repararmos, o pinheiro continua verde no meio da neve e do gelo, o que significa que a vida continua mesmo quando tudo à sua volta parece morto e frio.

É no início do ano que fazemos planos e delineamos os nossos objectivos com afinco e certezas de que os queremos cumprir. O Feng Shui pode ser um grande aliado em que nos dá o sustento para que a nossa vida corra de melhor feição. E porque não fazer uma consulta de Feng Shui?
As técnicas de Feng Shui podem ajudá-lo a sintonizar toda a energia e até mesmo usá-la a seu favor, melhorando a profissão, a saúde, as finanças e os relacionamentos das pessoas. No entanto, o Feng Shui não é mágico! Não consegue trazer-lhe sucesso da noite para o dia nem livrá-lo de todas as dificuldades da vida. Todavia, consegue fortalecer períodos mais positivos e apoiá-lo nas alturas difíceis. Se afinar as cordas de uma viola, terá maiores hipóteses de criar uma música harmoniosa e melódica, mas terá, ainda assim, de aprender a tocá-la. O mesmo acontece com o Feng Shui. As energias que fluem à sua volta irão afectar a forma como se sente, por isso faça a sua manutenção, afine-as e deixe-as fluir de forma harmoniosa consigo!

 

Natal

O Natal tem como principal propósito unir a família, os amigos, as pessoas que lhe são queridas. Tal como em muitas outras situações, é possível contar com a ajuda do Feng Shui para celebrar um Natal ainda mais harmonioso e cheio de boas energias! 

O Natal é  tempo de Amor, da Família e só o conseguiremos sentir na plenitude se a nossa disposição interior for de serenidade, compreensão e se estivermos centrados no equilíbrio. A intenção que colocamos na sua preparação e em todos os nossos gestos estão cheios de significado e por esta razão devemos incutir uma especial intenção quando estamos a preparar o Natal.
Sempre que acrescentamos objectos nas nossas casas, estes vão interagir com as energias já existentes, pelo que todos os elementos deverão estar presentes de acordo com o Ciclo dos Cinco Elementos.
Muitos seguem a tradição de montar uma Árvore de Natal. Uma árvore em qualquer época do ano significa sempre vida, abundância, frutos e crescimento. Se repararmos, o pinheiro continua verde no meio da neve e do gelo, o que significa que a vida continua mesmo quando tudo à sua volta parece morto e frio.

Ano Novo Vida Nova

O Natal é a época do ano em que fazemos um balanço das metas alcançadas durante o ano que está a terminar e agradecemos as bênçãos recebidas. Já o Ano Novo é a altura de estabelecermos novos objectivos para o ano que se avizinha.
Como o Feng Shui busca o equilíbrio e a harmonia nas nossas vidas, podemos usá-lo para aproveitar este momento. Igualmente, pode aplicar as técnicas de Feng Shui não só á sua casa, mas também à sua mente.

Pelo aniversário da nossa mãe surge-nos sempre aquela dúvida, do que oferecer, que mais lhe agradará nesta altura… É uma dúvida que se repete: Uma vez um livro, outra vez uma pequena jóia, um disco, um sem fim de objectos que algum tempo depois repousam, esquecidos, numa estante, numa gaveta.
Porque não, este ano, uma coisa diferente? Algo que não se lê, não se ouve, não se ostenta mas que fica guardado na memória sempre a jeito de aligeirar problemas, melhorar a harmonia e proporcionar uma visão mais optimista perante as questões do dia-a-dia. Falamos de oferecer… uma consulta de Feng Shui.
Ela vai adorar e decerto que lhe ficará na memória e… na atitude!

Ano Novo Vida Nova

Diz o ditado que, Ano Novo Vida Nova e como tal, para acompanhar e aproveitar as energias do ano que começa há que fechar 2010 e iniciar 2011. É nesta altura em que as empresas fecham as suas contas, analisam resultados e se sintonizam nos objectivos do ano que começa.

Para que este início seja sustentado, equilibrado e forte de modo a perspectivar que todos os objectivos expectáveis são atingidos, há que organizar e harmonizar de acordo com as técnicas de Feng Shui, o local de trabalho e o sector Norte da sua habitação.

 

Para começar, em ambas as situações, deverá eliminar as coisas velhas, inúteis, para criar o espaço e o lugar a novos princípios. Limpar, arrumar e organizar são palavras-chave para o sucesso.

X

sofialobocera.com

No right click